Blog Meu Vinho

07/04/2016
Entrevista com Daiane Argenta, gerente de marketing da vinícola Luiz Argenta
Quando iniciou seu trabalho na vinícola? E no enoturismo, especificamente?

Em 2009, quando a vinícola ficou pronta. Formada em Design de Moda e quase me formando em Psicologia, larguei tudo para começar a trabalhar e me dedicar ao mundo do vinho. O enoturismo foi o meu começo. Era a pessoa que recebia os turistas nos primeiros anos de vinícola, e isso fez com que eu me obrigasse a estudar cada vez mais para poder responder as diversas perguntas “cabeludas” que eram feitas pelos enófilos nas visitas. Esta troca com o visitante, junto com a busca por respostas, me ajudou muito a me desenvolver e adquirir mais conhecimento sobre este mundo do vinho.

Há previsão de investimentos?

Estamos construindo um restaurante no terraço da vinícola, com uma vista de encher os olhos. Este restaurante atenderá almoços aberto ao público e jantares ou eventos, sob reserva. A capacidade total será para eventos de até 200 pessoas. Terá também um espaço especial dentro desta área para cursos de degustação. O nome do restaurante será uma homenagem a minha vó Clorinda (esposa do Luiz Argenta): Clô Restaurante. Contará com receitas inspiradas nas delícias que ela costumava fazer. Seguindo a homenagem a ela, a abertura do restaurante será no dia 8 de maio - Dia das Mães.

Qual é a importância do trabalho da mulher no setor vitivinícola e, em especial, no enoturismo?

A mulher é, em geral, mais sensível e emocional. Acredito que isso faz dela ótima no acolhimento das pessoas e na subjetividade necessária no momento da degustação de um vinho. Além disso, a mulher tende a ser mais detalhista, isso faz com que ela pense em tudo com muito carinho e dedicação.

Fonte: Bon Vivant
 
> Leia as últimas notícias
> Leia mais notícias da Luiz Argenta
> Compre produtos da Luiz Argenta