Últimas Notícias

06/02/2019
Vinho tinto é ligado ao menor risco de câncer de próstata
Uma análise aprofundada conclui que beber vinho branco pode elevar ligeiramente o risco, enquanto o vinho tinto o reduz.
Pesquisadores analisaram dados de mais de 600 mil homens que participaram de vários estudos e descobriram que o consumo moderado de vinho tinto pode reduzir o risco de câncer de próstata. Mas eles também descobriram que o vinho branco pode aumentar o risco.

É o último capítulo da complicada relação do vinho com o câncer. O consumo de álcool tem sido associado a um maior risco de certos tipos de câncer. Mas alguns estudos descobriram que o vinho, particularmente o vinho tinto, pode diminuir o risco de outros tipos de câncer.

O câncer de próstata é o câncer mais comumente diagnosticado entre os homens americanos, com uma estimativa de 161.360 novos casos em 2017, de acordo com um jornal da American Cancer Society. Ele cresce na próstata a um ritmo muito lento e é altamente tratável se for pego em um estágio inicial, antes de metastatizar. No entanto, algumas formas de câncer de próstata são extremamente malignos e podem proliferar rapidamente.

Alguns estudos anteriores mostraram uma ligação entre o consumo de álcool e um maior risco de câncer de próstata, mas outros não encontraram nenhum impacto. Quando se trata de vinho especificamente, um recente estudo de Harvard descobriu que bebedores leves tinham uma menor incidência de câncer de próstata. Um estudo publicado na revista Cancer Science demonstrou que o resveratrol (um composto químico encontrado em uvas, folhas de uva e vinho) pode aumentar a eficácia da radiação para destruir as células cancerosas da próstata.

Para tentar esclarecer a ciência, um grupo de pesquisa internacional de urologistas realizou uma meta-análise focada especificamente em saber se o consumo moderado de vinho teria um impacto sobre o câncer de próstata e se os efeitos variavam para o vinho tinto e branco. Os pesquisadores revisaram 930 artigos publicados e resumos e selecionaram 17 estudos que atenderam a diretrizes rigorosas. Esses estudos avaliaram 611.169 sujeitos combinados. A equipe publicou suas descobertas na revista Clinical Epidemiology.

Os resultados da meta-análise foram misturados para os amantes do vinho. No geral, o consumo moderado de vinho não aumentou o risco de câncer de próstata. Mas os resultados variaram com base na cor dos vinhos. Os bebedores de vinho branco enfrentaram um ligeiro aumento no risco de câncer de próstata. Os bebedores de vinho tinto enfrentaram uma queda de 12% no risco de câncer de próstata.

Os pesquisadores acreditam que suas descobertas exigem mais estudos sobre como o vinho branco e o vinho tinto podem afetar as células em um nível molecular. Por enquanto, é uma boa notícia para os entusiastas do vinho tinto.

Fonte: Wine Spectator
 
> Leia as últimas notícias